Por Giovania Teixeira Duarte-Assessoria-SME

O talento despertado nos alunos por meio do trabalho de professores, monitores e equipe gestora da escola municipal Darcy Ribeiro, no bairro Jardim Industriário I, pôde ser visto hoje (30-06) na “1ª Mostra de Trabalhos das Oficinas Educativas” do Programa Educa Mais.

A Escola de Tempo Integral é desenvolvida pela Secretaria Municipal Educação (SME) em parceria com o MEC e outras secretarias do município e oportuniza o acesso dos alunos da rede a atividades educativas, culturais e esportivas na escola, no período inverso em que estudam. Isso possibilita ao aluno uma freqüência diária na unidade escolar de sete e meia hora diárias.

Na programação do evento estiveram o resultado das diversas oficinas implementadas pelo projeto na unidade, como a banda de percussão e o corpo coreográfico, grupos de dança e declamações de poemas.

Um dos momentos marcantes da mostra foi o lançamento para a comunidade escolar do CD com as composições de flauta doce dos próprios alunos do coral, dirigido pela professora Suzy Belai. O grupo fez diversas apresentações e entusiasmou a platéia.

Segundo a articuladora do Educa Mais na escola, Aparecida Anderson, no início do programa, há cerca de um ano, apenas 80 alunos participavam das atividades no contra turno. “Trouxemos as oficinas e permitimos que os alunos passassem por todas elas para escolherem as que mais despertavam interesse. Hoje temos 200 alunos na Escola de Tempo Integral”, contou.

Na avaliação da articuladora, a essência do programa é elevar a autoestima dos alunos. “Esse trabalho envolve toda a escola e o reflexo dele pode ser visto no rosto dessas crianças e adolescentes”.

A disciplina e concentração que as atividades do Educa Mais exigem, na visão do coordenador pedagógico da unidade, Valdir Xavier, contribuem para a melhoria na aprendizagem. “São situações que fogem à rotina da sala de aula, podendo explorar outros espaços de construção do conhecimento. Dessa forma, o aluno fica mais entusiasmado e aprende com mais prazer”.

Essa também  é a opinião do aluno do 7º ano, Gabriel da Silva Santos, 11 anos, integrante do coral de flautas. “Para aprender a tocar o instrumento você precisa se dedicar, ter atenção e coordenação motora para mexer os dedos”, explicou. O flautista é um dos integrantes do grupo que compôs as canções do CD.

De acordo com a coordenadora de programas e projetos da SME, Elizany Rosa, na Darcy Ribeiro o Educa Mais foi implementado de forma tímida, tendo em vista as dúvidas e insegurança da equipe em relação ao projeto. “Hoje nos emocionamos ao ver o resultado do trabalho desenvolvido aqui. Atribuo isso a uma equipe coesa e ao desejo de fazer com que o programa tenha sucesso”.

Para a coordenadora, a Escola de Tempo Integral promove um movimento diferenciado na escola, que envolve toda a comunidade. “Sabemos que ainda existem dificuldades, mas que serão superadas. Quem ganha com tudo isso são as crianças”.
Mais informações:
(65) 3645-6578

Fonte: http://www.cuiaba.mt.gov.br/noticias?id=3313

Foto: Jorge Pinho - SME

Anúncios