Começa hoje!!!!!

A Casa de Guimarães e Parceiros têm o prazer de convidá-lo para o
 Chapada in Jazz – 2º Festival de Jazz de Chapada dos Guimarães.

O Chapada in Jazz traz ao público matogrossense a possibilidade de contemplar um dos mais belos estilos musicais que existe no globo. Um êxtase sonoro para os amantes da boa música, entre saxes, pianos e contrabaixos, você terá a oportunidade de conhecer grandes nomes do Jazz nacional e Internacional.

Além dos shows, o Festival trás na programação a exposição “No coração da América do Sul” do fotógrafo da revista National Geographic Brasil, Izan Petterle. A exposição, composta por 40 fotografias é uma homenagem ao povo chapadense.

Chapada in Jazz é muito mais do que um festival, é uma oportunidade única para todos os amantes do jazz contemplarem três noites de muita música, gente bonita, descontração, requinte e sofisticação em um dos mais belos cartões postais da nossa região.

Clique aqui e confira o
Vídeo You tube Promo através do Link

(http://www.youtube.com/watch?v=vZuRPg1sVSQ)


PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL

09/09 (Sexta)

19h30 – Exposição: No Coração da America do Sul
              Fotografo: Izan Petterle
              Local: Praça Dom Wunibaldo

20h – Aquário (DF)
21h – Elements Trio (USA)
22h – André Vasconcellos Quinteto (RJ)

10/09(Sábado)

20h – Pedro Martins Quarteto (DF)
21h – Léo Gandelman (RJ)
22h – Filó Machado Trio (SP)

11/09(Domingo)

17h – Abagaba (MT)
18h – Ebinho Cardoso Quarteto (MT)

Local: Rua dos Restaurantes
   & Calçadão Quinco Caldas

ENTRADA GRATUITA

Informações: (65) 3028-6286 ou
    http://chapadainjazz.blogspot.com

Anúncios

 

O 8°Ano do Colégio Brasilis Apresenta:

A MEGERA DOMADA – W. Shakespeare

Dias: 16, 17 e 18 de setembro

 (65) 3644-7531 / 9248 -1268

 

Imperdível…..

Miaufone: 8401-2126

www.almadegato.com

“Caro professor, ele terá de aprender que nem todos os homens são justos, nem todos são verdadeiros, mas por favor diga-lhe que, para cada vilão há um herói, que para cada egoísta, há também um líder dedicado, ensine-lhe por favor que para cada inimigo haverá também um amigo, ensine-lhe que mais vale uma moeda ganha que uma moeda encontrada, ensine-o a perder, mas também a saber gozar da vitória, afaste-o da inveja e dê-lhe a conhecer a alegria profunda do sorriso silencioso, faça-o maravilhar-se com os livros, mas deixe-o também perder-se com os pássaros no céu, as flores no campo, os montes e os vales.

Nas brincadeiras com os amigos, explique-lhe que a derrota honrosa vale mais que a vitória vergonhosa, ensine-o a acreditar em si, mesmo se sozinho contra todos.

Ensine-o a ser gentil com os gentis e duro com os duros, ensine-o a nunca entrar no comboio simplesmente porque os outros também entraram.

Ensine-o a ouvir todos, mas, na hora da verdade, a decidir sozinho, ensine-o a rir quando estiver triste e explique-lhe que por vezes os homens também choram.

Ensine-o a ignorar as multidões que reclamam sangue e a lutar só contra todos, se ele achar que tem razão.

Trate-o bem, mas não o mime, pois só o teste do fogo faz o verdadeiro aço, deixe-o ter a coragem de ser impaciente e a paciência de ser corajoso.

Transmita-lhe uma fé sublime no Criador e fé também em si, pois só assim poderá ter fé nos homens.**

Eu sei que estou pedindo muito, mas veja o que pode fazer, caro professor.”

Abraham Lincoln, 1830

 

* Pela breve pesquisa que realizei para saber se realmente foi um escrito de Abrahan Lincoln, descobri que provavelmente não foi, mas a mensagem transmitida traduz exatamente o que penso ser o papel da educação como um todo – que começa em casa e não somente na escola.

** Este trecho, pelo “original”, poderia ser traduzido como:

“Ensine sempre a ter fé em si mesmo, porque então ele terá fé sublime na humanidade…”


 

Por Giovania Teixeira Duarte-Assessoria-SME

O talento despertado nos alunos por meio do trabalho de professores, monitores e equipe gestora da escola municipal Darcy Ribeiro, no bairro Jardim Industriário I, pôde ser visto hoje (30-06) na “1ª Mostra de Trabalhos das Oficinas Educativas” do Programa Educa Mais.

A Escola de Tempo Integral é desenvolvida pela Secretaria Municipal Educação (SME) em parceria com o MEC e outras secretarias do município e oportuniza o acesso dos alunos da rede a atividades educativas, culturais e esportivas na escola, no período inverso em que estudam. Isso possibilita ao aluno uma freqüência diária na unidade escolar de sete e meia hora diárias.

Na programação do evento estiveram o resultado das diversas oficinas implementadas pelo projeto na unidade, como a banda de percussão e o corpo coreográfico, grupos de dança e declamações de poemas.

Um dos momentos marcantes da mostra foi o lançamento para a comunidade escolar do CD com as composições de flauta doce dos próprios alunos do coral, dirigido pela professora Suzy Belai. O grupo fez diversas apresentações e entusiasmou a platéia.

Segundo a articuladora do Educa Mais na escola, Aparecida Anderson, no início do programa, há cerca de um ano, apenas 80 alunos participavam das atividades no contra turno. “Trouxemos as oficinas e permitimos que os alunos passassem por todas elas para escolherem as que mais despertavam interesse. Hoje temos 200 alunos na Escola de Tempo Integral”, contou.

Na avaliação da articuladora, a essência do programa é elevar a autoestima dos alunos. “Esse trabalho envolve toda a escola e o reflexo dele pode ser visto no rosto dessas crianças e adolescentes”.

A disciplina e concentração que as atividades do Educa Mais exigem, na visão do coordenador pedagógico da unidade, Valdir Xavier, contribuem para a melhoria na aprendizagem. “São situações que fogem à rotina da sala de aula, podendo explorar outros espaços de construção do conhecimento. Dessa forma, o aluno fica mais entusiasmado e aprende com mais prazer”.

Essa também  é a opinião do aluno do 7º ano, Gabriel da Silva Santos, 11 anos, integrante do coral de flautas. “Para aprender a tocar o instrumento você precisa se dedicar, ter atenção e coordenação motora para mexer os dedos”, explicou. O flautista é um dos integrantes do grupo que compôs as canções do CD.

De acordo com a coordenadora de programas e projetos da SME, Elizany Rosa, na Darcy Ribeiro o Educa Mais foi implementado de forma tímida, tendo em vista as dúvidas e insegurança da equipe em relação ao projeto. “Hoje nos emocionamos ao ver o resultado do trabalho desenvolvido aqui. Atribuo isso a uma equipe coesa e ao desejo de fazer com que o programa tenha sucesso”.

Para a coordenadora, a Escola de Tempo Integral promove um movimento diferenciado na escola, que envolve toda a comunidade. “Sabemos que ainda existem dificuldades, mas que serão superadas. Quem ganha com tudo isso são as crianças”.
Mais informações:
(65) 3645-6578

Fonte: http://www.cuiaba.mt.gov.br/noticias?id=3313

Foto: Jorge Pinho - SME

Amigos, segue divulgação de uma das minhas atividades.

Um grande abraço,

Suzy Belai

_________

 

Alunos de escola municipal gravam CD com canções de flauta doce

Por Giovania Teixeira Duarte-Assessoria-SME

Alunos, equipe gestora e funcionários da escola municipal Darcy Ribeiro, no bairro Jardim Industriário, realizam amanhã (30-06), a partir das 8h, a “1ª Mostra de Trabalhos das Oficinas Educativas” do Programa Educa Mais. Na programação do evento constam a apresentação da banda de percussão e o corpo coreográfico, grupos de dança e declamações de poemas.

Durante a mostra também será apresentado à comunidade escolar o CD de flauta doce com composições dos próprios alunos, dirigido pela professora Suzy Belai.

O Educa Mais é desenvolvido pela SME em parceria com o MEC e outras secretarias do município e oportuniza o acesso dos alunos da rede a atividades educativas, culturais e esportivas na escola, no período inverso em que estudam. Isso possibilita ao aluno uma freqüência diária na unidade escolar de sete e meia horas diárias.

Mais informações:
(65) 3313-3103

Fonte:  http://www.cuiaba.mt.gov.br/noticias?id=3291

Um curso completo de shiatsu com prática e teoria.

– História do shiatsu
– Manobras do Shiatsu completo:
  frente, costas, lateral e sentado
– Boshin – Diagnóstico visual
– Setsu-Shin – Diagnóstico pelo toque
– Diagnóstico orgânico
– Yin e Yang
-Teoria e prática dos 5 elementos
– Diagnóstico com 5 elementos
– Meridianos – canais de energia
– Tsubos – Pontos vitais
– Kanrenbuí – Pontos relacionados
– Pontos Bo e pontos Yu
– Shusei-Ho – exercícios corretivos
– Seitai – correção da coluna
– Kanrenbuí para a coluna 
– Ashi no Shiatsu – Shiatsu nos pés
– Shiatsu com os pés
– Tratamentos para diversas enfermidades 

Fernando Montoto
Formado pelo Okido International Institute – Japão

De segunda a sexta – das 20:00 às 22:30

6 módulos

Preço por módulo: R$ 260,00

06 a 10 de Junho

INSCRIÇÕES ABERTAS – VAGAS LIMITADAS

APOSTILA E CERTIFICADO INCLUSOS

Informações : 

(65) 3627- 4462

Okido Terapia Corporal

Rua La Paz, 407 – Jardim das Américas – Cuiabá
e-mail:
okido@okido.com.br 

 Site: www.okido.com.br

 

APRESENTAÇÃO
Serão ofertados 10 cursos de extensão (teórico-práticos) em Poconé-MT, que envolverão temas relevantes para a Rede Sustentável de Plantas Medicinais, como parte do projeto “Levantamento Etnofarmacológico de Plantas Medicinais no Distrito Nossa Senhora Aparecida do Chumbo, Poconé, Mato Grosso, Brasil”. Os cursos são baseados nas Políticas de Práticas Integrativas e Complementares no SUS e na Política e no Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos, utilizando a lista de drogas vegetais da ANVISA. Objetivam capacitar pessoas, em trabalho integrado e interdisciplinar e implantar uma Farmácia Viva (horta, viveiro e oficina de manipulação) na cidade de Poconé. Contará com a participação de renomados profissionais da área de plantas medicinais e fitoterapia. Espera-se com esses cursos, o fortalecimento da cadeia de desenvolvimento sustentável de plantas medicinais e fitoterápicos.

Prof. Dr. Domingos Tabajara de Oliveira Martins – Coordenador
MSc. Isanete Geraldini Costa Bieski – Secretária Geral

CURSO 1. DA PLANTA AO MEDICAMENTO FITOTERÁPÍCO – Aula Teórica e Aula Prática
Prof. Dr. Domingos Tabajara de Oliveira Martins – DCBS/FCM/UFMT
MSc. Vanessa Fátima Gazoni
11/04/2011 das 8-12 às 14-18h – Teórico/Prática – Concluído
12/04/2011 das 8-12 às 14-18h – Teórico/Prática – Concluído

CURSO.2: OBTENÇÃO, PREPARO E IDENTIFICAÇÃO BOTÂNICA DE PLANTAS MEDICINAIS
Módulo I: Prof. Dr. Arno Rieder – UNEMAT/MT
09/05/2011 das 8-12 às 14-18h – Teórica
Módulo II: Profª. MSc. Isanete Geraldini Costa Bieski- UFMT/MT
10/05/2011 das 8-12 às 14-18h – Prática

CURSO 3. PREPARO DE EXTRATOS E EXTRAÇÃO DE ÓLEOS ESSENCIAIS DE PLANTAS MEDICINAIS
Prof. Sergio Donizete Ascênsio – UFT/TO
13/06/2011das 8-12 às 14-18h – Teórica
14/06/2010 das 8-12 às 14-18h Prática

CURSO 4. SELO VERDE: CONTROLE DE QUALIDADE FARMACOGNÓSTICO DE PLANTAS MEDICINAIS E MATÉRIAS-PRIMAS VEGETAIS
Prof. Dr. Ely Eduardo Saranz Camargo – UNIFEV/SP e CFF/DF
11/07/2011 das 8-12 às 14-18h -Teórica
12/07/2011 das 8-12 às 14-18h – Teórico/Prática

CURSO. 5: CULTIVO E PRODUÇÃO DE MUDAS DE PLANTAS MEDICINAIS
Prof. Dr. Marcos Roberto Furlan –UNITAU/SP
08/08/2011 das 8-12 às 14-18h – Teórica
09/08/2011 das 8-12 às 14-18h Prática

CURSO.6: BENEFICIAMENTO DA MATÉRIA-PRIMA VEGETAL
Esp. Laerte Dall’Agnol – HERBARIUM/PR
12/09/2011 das 8-12 às 14-18h Teórica
13/09/2011 das 8-12 às 14-18h Prática

CURSO 7. CRITÉRIOS DE QUALIDADE E SEGURANÇA NA PREPARAÇÃO E UTILIZAÇÃO DE REMÉDIOS CASEIROS COM PLANTAS MEDICINAIS
Prof. Dr. Nilton Luz Netto – CFF/DF
20/10/2011 das 8-12 às 14-18h – Teórica
21/10/2011 das 8-12 às 14-18h – Prática

CURSO.8. PRESCRIÇÃO DE PLANTAS MEDICINAIS E FITOTERÁPICOS PARA SERES HUMANOS

Drª. Henriqueta Teresa Sacramento – SES/ES
07/11/2011 das 8-12 às 14-18h – Teórica
08/11/2011 das 8-12 às 14-18h – Teórico/Prática

CURSO 9. EMPREENDEDORISMO, ASSOCIATIVISMO E COOPERATIVISMO
Prof. Dr. Nicolau Priante Filho
Prof. MSc. Oscar Zalla Sampaio Neto
12/12/2011 das 8-12 às 14-18h – Teórica
13/12/2011 das 8-12 às 14-18h – Teórico/Prática

CURSO 10. EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM PLANTAS MEDICINAIS
Profª. MSc. Mari Gemma De La Cruz – SES/MT
13/02/2012 das 8-12 às 14-18h – Teórica
14/02/2012 das 8-12 às 14-18h – Prática

FICHA DE INSCRIÇÃO
ASSINALE O (S) CURSO (S) DE INTERESSE:
1.( ) 2. ( ) 3. ( ) 4. ( ) 5. ( ) 6. ( ) 7. ( ) 8. ( ) 9. ( ) 10.( )
DADOS PESSOAIS:
1. Nome Completo:_____________________________________________
2. Data de Nascimento:___/___/___ 3. Sexo: Masculino ( ) Feminino ( )
4. RG:___________________ 5. Órgão Expedidor: _____________________
6. CPF:________________________
7. Endereço:____________________________________________________
8. Telefone: ________________________9. E-mail:_____________________

10. ESCOLARIDADE:
Analfabeto ( )
Ensino fundamental ( ) incompleto completo ( )
Ensino médio ( ) incompleto completo ( )
Curso superior ( ) incompleto completo ( )
( ) Especialização ( ) Mestrado Doutorado ( )

MOTIVO (s) DE INTERESSE (s) NO (s) CURSO (s):
( ) Trabalha no ramo
( ) Pretende montar um negócio
( ) É professor
( ) Tem empresa no ramo
( ) É estudante
( ) Outro:_______________________________________________________
PROFISSÃO: ____________________________________________________

INSCRIÇÃO:

LOCAL: http://www.fazendadocerrado.com.br e/ou
Laboratório de Farmacologia – Sala 103 (3º piso)
DCBS, Faculdade de Medicina, UFMT
Telefone: (65) 3615-8862, com MSc. Isanete Bieski
Enviar ficha de inscrição para: etnofar.ufmt@gmail.com

OBS: para inscrição nos Cursos 3 a 10, acesse http://www.fazendadocerrado.com.br

Nº de vagas: 40 por Curso (sendo 25 reservadas gratuitamente para os parceiros e 15 disponíveis para a comunidade no valor de R$ 50,00 por Curso).
*O curso 8, só poderão se inscrever estudantes de Medicina e Odontologia e profissionais médicos e odontólogos

 

O Festival das Flores de Cuiabá é uma feira cultural que promove o cultivo de flores e a difusão da manifestação artística de Mato Grosso. O evento integra o calendário oficial de Cuiabá e por mais de 10 dias transforma o centro da cidade num grande e lindo jardim. Em sua 8ª edição, mais de 200 espécies de flores, ervas aromáticas e plantas exóticas estarão expostas para encantar mais de 150 mil pessoas que devem visitar a feira este ano.

Fascinando os povos durante séculos, seja pelo encanto ou delicadeza, as flores expressam muito mais que boas palavras e sempre acompanham notícias, sejam elas de maternidade, de morte, de amor, de paixão, reconciliação, partida, gratidão, enfim, as flores falam por si próprias. Elas têm a sua linguagem, segundo grandes floristas e estudiosos do assunto.

O Festival também se presta ao caráter educativo. As escolas são convidadas e motivadas a participar do evento, quando os estudantes podem conhecer mais sobre as espécies de flores cultivadas no país. Uma característica marcante do Festival é a participação de mais de 300 voluntários, que com sorriso acolhem a população, cientes do compromisso social que transcende a relação comercial, permitindo o funcionamento harmonioso da feira entre as 9h e 21h, num período de 10 dias.

Nestes sete anos de história, o Festival recebeu o equivalente a toda população de Cuiabá nas praças da República (onde o evento era realizado anteriormente) e Alencastro. Foram mais de seiscentas mil pessoas circulando e se encantando com a beleza e a diversidade do reino vegetal. Orquídeas, Bromélias, Samambaias, Gérberas, as exóticas plantas carnívoras e tantas outras espécies têm encantado a população.

Tanto a cultura como a beleza das flores contribui para uma formação integral do ser humano, melhorando a qualidade de vida e as relações humanas. O Festival tem ainda um compromisso social muito grande, pois os recursos arrecadados são direcionados para o trabalho de beneficência da Casa da União Santa Luzia.

A Casa da União Santa Luzia é entidade beneficente com sede na Avenida Camboriú, Quadra 32, lotes 01 e 02, no bairro Parque Geórgia, em Cuiabá. A entidade recebeu o título de utilidade pública estadual, por meio da Lei n° 7.628, e está registrada no Conselho Municipal de Assistência Social de acordo com o artigo 9º da Lei 8.742, de 07 de dezembro de 1993.

Este ano, o 8º Festival das Flores acontecerá entre os dias 26/05 e 05/06, de 09h às 21h horas, na PRAÇA ALENCASTRO, em frente à prefeitura de Cuiabá.

A Casa da União Santa Luzia tem sempre em mente a sustentabilidade do comércio local, uma vez que as flores são vendidas a preços simbólicos e chegam a custar 70% a menos em relação ao mercado local. Destacamos ainda a ampla cobertura da imprensa cuiabana que, espontaneamente, apóia o evento.

O QUE?  8° Festival das Flores

Quando?  26/05 a 05/06

Onde?  Praça Alencastro, em frente à Prefeitura de Cuiabá

Horário? 9h às 21h

Contatos: 9948-9596 (Lucky) ou 9609-1037 (Rosângela) – assessoria de imprensa do Festival

“Enquanto lutamos para ir contra o natural, que é nossa evolução, nosso aprendizado, nossa felicidade, a vida tenta nos colocar no rumo. Quando encontramos essa naturalidade, tudo se movimenta mostrando que estamos no caminho certo.”

(Isabela Medeiros)

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 765 outros seguidores

Esclarecimento

Quase todas as imagens aqui publicadas são obtidas na Internet. Agradeço se me informar o nome do autor caso não conste ou se alguma está protegida pelos direitos autorais - copyright.